Super Passos - Conteúdo exclusivo e passo-a-passo sobre Vida Social
 
3 passos para encontrar assuntos e conversar sobre o ambiente onde estiver!
 

Home
Sua Dúvida
Participe!



Súper passos para conversar sobre seu alvo
Súper passos para encontrar assuntos no ambiente
Súper passos para iniciar uma conversa
Súper passos para se aproximar e puxar papo
Súper passos para encontrar assuntos no ambiente onde estiver
Após aprender estes 3 passos, você deverá saber:
  1. como identificar algo que desperte seu interesse e aguce a sua curiosidade

  2. Quais os sinais de que o assunto agradará a outra pessoa

  3. Quais os benefícios ao prestar atenção na fala e expressões do seu alvo
Como identificar algo que desperte a curiosidade?



Esse tema interessaria ao meu alvo?



Conquiste a atenção da outra pessoa!

Sílvia é uma executiva de 38 anos bem sucedida na carreira e isolada na vida social. Após viver quase 10 anos anulando-se num casamento e compensando seu vazio tornando-se workaholic, decidiu dar um basta na relação onde as primeiras palavras do seu ex-marido frequentemente eram sempre de queixa ou negativas.

"Eu confesso que também contribuí para o término do casamento, pois fui me isolando cada vez mais no trabalho. Porém, já não aguentava mais ouvir negatividades e reclamações sempre que encontrava meu ex-marido. Tenho meu valor e decidi que mereço ser feliz também numa relação e não somente na carreira", comenta a executiva, que é assistente financeiro numa grande empresa em São Paulo.

Após permanecer 10 anos longe de amigos e sozinha dentro do casamento, Sílvia desaprendeu como se colocar numa situação social. Tinha se casado aos 27 anos e passado a maior parte desse tempo entre sua casa, trabalho e família. Já não sabia mais o que fazer para manter empolgante uma conversa que não fosse sobre o trabalho.

Infelizmente, essa situação é enfrentada por muitas mulheres - e muitos homens - quando terminam uma relação. E também por pessoas que, mesmo solteiras, se queixam de falta de assunto durante uma conversa ou contato social com amigos. A ótima notícia é que existem habilidades que você pode aprender e memorizar a fim de encontrar assuntos para conversar no próprio ambiente onde estiver.

Decidida a conhecer gente nova e a renovar seu círculo social, Sílvia passou a frequentar lugares onde sente afinidades. Estava disposta a fazer novos amigos, pois tinha a certeza de que um namoro nasceria dentre essas novas amizades. Porém, sentia-se travada ao se aproximar e puxar conversa com alguém, porque seu papo sempre morria por falta de assunto.

"Nesta semana, participei de uma palestra e fiquei encantada por um participante. Pensei em me aproximar e fazer uma nova amizade. Mas, qual assunto usaria para abordá-lo? O rapaz foi embora e nunca mais o vi", lamenta Sílvia.

Existem basicamente 3 passos que Sílvia deveria ter aplicado para encontrar o que falar com seu colega:

  • 1º passo: olhar em volta e identificar alguma coisa que despertasse sua curiosidade: trata-se de pescar no ambiente algo que desejasse ampliar seu conhecimento e, em seguida, se aproximar e puxar conversa com uma pergunta ou comentário sobre o que despertou seu interesse. O ideal é que Sílvia escolhesse algo que já tivesse algum conhecimento prévio.

  • 2º passo: intuir se esse assunto agradaria à outra pessoa: 87% das mensagens de um Ser Humano são transmitidas pela comunicação não-verbal, ou seja, Sílvia deveria visualizar (antes mesmo de abrir a boca) se o assunto escolhido combina com a postura de quem desejava se aproximar. Isso poderia ser constatado ao observar o que seu alvo estivesse fazendo, falando, vestindo, lendo e carregando consigo.

  • 3º passo: prestar muita atenção na fala da outra pessoa: somente com a mente e os ouvidos atentos, Sílvia poderia realmente avaliar se o assunto estaria agradando ao seu alvo. Ao ouvir e escutar com atenção, ela poderia pescar as informações na fala e postura do seu colega que facilitariam a conversa e o contato fluirem mais facilmente. E, também, a maneira mais fácil para conquistar o interesse de alguém é fazendo essa pessoa perceber a vontade em conhecê-la melhor.

As primeiras frases são relativamente insignificantes. Por isso, dizer coisas simples para iniciar um contato é suficiente - desde que sejam palavras positivas e jamais negativas ou queixosas. Apesar da timidez que Sílvia e a maioria das pessoas sente, é importante lembrar que dizer alguma coisa sensata é melhor que permanecer calado! Quantas amizades você deixou de fazer nesta semana por não ter começado uma simples conversa?

Talvez você tenha interesse em...




Você sentiu alguma dúvida?Converse agora mesmo com o autor Rafael Zampieri!
 
Súper Passos: passo-a-passo - © 2008 - Todos os Direitos Reservados