Super Passos

Corridas de rua passo a passo

⇒ Como a corrida progressiva me levou às maratonas

Explico de que forma o treinamento progressivo me possibilitou um crescimento sustentável nas corridas de rua para chegar aos 42Km

Por Rafael Paiva

Eu sou corredor desde o ano de 2000. Nessa época eu já tinha um princípio de vida que levei para os treinos e isso me ajudou muito a progredir de maneira contínua nas corridas de rua para chegar às maratonas. Consistia em me esforçar um pouco mais e sempre.

Isso representou um treinamento progressivo. Na prática eu aumentei sistematicamente os objetivos do meu treino e busquei metas um pouco superiores às anteriores. Mas, nunca elevei as minhas intenções na corrida abruptamente, e sim, de maneira gradual e contínua.

Por exemplo, eu gosto muito de corridas de longa distância e meus treinos sempre foram baseados em volume. Apliquei essa sobrecarga progressiva ao aumentar a distância a ser percorrida em 10% a cada dois meses e sempre. Isso permitiu meu corpo e minha mente se adaptarem (se acostumarem) a cada patamar de treino e também me fortaleceu de maneira saudável antes de enfrentar um novo desafio.

Fisicamente, essa estratégia aumentou sistematicamente as exigências sobre o meu organismo. De tempos em tempos, eu acionei o corpo além do nível a que estava acostumado e estabeleci um novo patamar de treino. Meu estímulo de treinamento era aumentado periodicamente para que o desempenho na corrida de rua melhorasse de maneira constante.

Eu me esforço um pouco mais e sempre

Acredito verdadeiramente que esse treinamento progressivo foi um dos principais responsáveis pelo meu crescimento sustentável na corrida. Essa sobrecarga gradativa ainda me garante hoje a evolução saudável por ser paulatina e assim não colocar meu organismo para fazer um esforço repentino que poderia lesioná-lo pelo estresse além do ponto que eu poderia suportar. Meu lema é crescer devagar e sempre! E o seu?

Moral da História

Mais importante que melhorar muito, é evoluir sempre!